Divórcio e coaching

 

O divórcio costuma ser a última opção para um casal que se uniu com o objetivo de formar uma família e, quando ele acontece, exige das pessoas envolvidas uma dose extra de capacidade de adaptação às novas situações que surgem em razão desta mudança drástica no percurso de suas vidas.

A perda é uma experiência humana universal, mas para quem está menos preparado para a perda do amor, o sofrimento pós-divórcio costuma ser ainda maior. Algumas pessoas tomam a decisão de se separar, mas permitem que o sofrimento causado por esta separação se prolongue por muitos anos.

Quando existem filhos envolvidos neste processo, o relacionamento entre o ex-casal não acaba com o divórcio, por isso é importante que os pais busquem o equilíbrio dessa nova relação familiar para evitar que a frustração de não terem conseguido formar uma família “tradicional e feliz” se perpetue e surjam novos desentendimentos.

Embora essa transição possa ser dolorosa, ela pode também despertar para novas possibilidades e ajudar a descobrir quem você é e o que realmente quer da vida.

About The Author

Dani Teixeira

Formada e pós-graduada em algo que nunca lhe deu prazer. Conheceu o coaching, enfrentou um divórcio complicado, abandonou a advocacia no serviço público, fundou a Reconstruindo Histórias e passou a trabalhar apenas com o que ama: ajudar outras pessoas a reconstruírem suas histórias. Hoje é Master Coach, Analista Comportamental e Membro da SLAC – Sociedade Latino Americana de Coaching.

Ei! Participe deixando seu comentário! Não custa nada... :o)