Como “vender” coaching?

 

Quando eu conheci o coaching e decidi trabalhar como coach, a primeira dúvida que tive foi: como conseguirei “vender” algo sem conhecer os seus reais benefícios na vida das pessoas?

Foi aí que procurei minha coach, Juliany Guimarães, e ela me orientou a fazer coaching como cliente para conhecer o processo, antes de dar qualquer outro passo.

Nos encontramos e, logo na primeira sessão, eu disse a ela que tinha uma meta e que gostaria de alcançá-la em fevereiro de 2015.Para minha surpresa, após dez sessões semanais de coaching eu consegui alcançar minha meta (seis meses antes do que havia planejado).

Hoje eu consigo “vender” coaching com muita naturalidade e segurança, pois sou uma das provas vivas de que o processo pode ser transformador e muito benéfico para o(a) cliente.

Quem está disposto a mudar pensamentos e atitudes, pode alcançar resultados incríveis fazendo coaching.

About The Author

Dani Teixeira

Formada e pós-graduada em algo que nunca lhe deu prazer. Conheceu o coaching, enfrentou um divórcio complicado, abandonou a advocacia no serviço público, fundou a Reconstruindo Histórias e passou a trabalhar apenas com o que ama: ajudar outras pessoas a reconstruírem suas histórias. Hoje é Master Coach, Analista Comportamental e Membro da SLAC – Sociedade Latino Americana de Coaching.

Ei! Participe deixando seu comentário! Não custa nada... :o)