Guarda compartilhada AUTOMÁTICA agora é Lei. Muito obrigada!

Hoje é um dos dias mais felizes da minha vida, pois estou colhendo os primeiros frutos do meu “trabalho de formiguinha” com o objetivo de tentar abrir a mente das pessoas e melhorar o mundo!

Gostaria de agradecer a todos os homens e mulheres que lutaram bravamente pela aprovação do PLC117/2013. Vocês quase me mataram de tanto orgulho e tenho certeza que os filhos de vocês vão se orgulhar ainda mais quando souberem de tudo o que vocês fizeram por eles.

A guarda compartilhada “automática” agora é Lei, mas sei que esse foi só o primeiro dos passos de uma longa jornada rumo à mudança de comportamento, pois a grande maioria dos pais e mães separados ainda precisa aprender muito sobre a importância de criar seus filhos juntos, em harmonia.

Tem gente que não entende porque eu defendo tanto a guarda compartilhada. Para explicar melhor, quero mostrar a vocês um vídeo muito especial para mim. Nele, meu filho Miguel está assistindo um outro vídeo de apenas 3 segundos em que o pai dele só diz essa pequena frase: “Miguel, um beijo”, depois coloca uma das mãos na boca e manda o beijo.

 Vejam a reação do nosso pequetito, que tinha apenas um ano e nove meses quando o vídeo foi gravado:

Lindo demais, né? Eu babo colorido! :o)

É isso aí o que eu desejo a TODAS as crianças filhas de pais separados! Desejo que elas consigam sorrir e mandar beijos para os pais. Desejo que tenham a chance de receber amor multiplicado por 1000 ao invés de dividido por 2.

Pais e mães separados precisam compreender que uma relação de marido e mulher que deu errado pode ser transformada numa relação de pai e mãe que pode dar super certo, pois existem ex-maridos e ex-esposas, mas não existem ex-pais, ex-mães e ex-filhos. Esse é o melhor caminho para quem deseja viver em paz e ver os filhos crescendo de forma saudável, com muito amor e qualidade de vida.

Não importa o que você fez até agora e sim o quanto você está determinado, nesse momento, para alcançar o que você quer para a sua vida e reconstruir sua história.

As pessoas mais inteligentes e esclarecidas são as primeiras a tomar a iniciativa quando estão diante de um conflito de relacionamento e precisam resolvê-lo. Não espere que o outro mude de postura! Mude a si mesmo e todos ao seu redor serão afetados pela sua transformação positiva.

Eu acredito que qualquer conflito de relacionamento pode ser solucionado quando homens e mulheres se comportam como pessoas maduras e buscam o entendimento. Espero que você também acredite ou pelo menos comece a acreditar nisso a partir de hoje!

Pare de remoer sentimentos negativos e se livre de vez do passado fazendo a sua parte, que é priorizar viver bem consigo mesmo e com as pessoas que estão ao seu redor AGORA e não no dia 01/01/15 como muitos estão planejando.

PS: Se quiser receber mais conteúdo gratuito e de qualidade sobre convivência familiar, divórcio, guarda de filhos e coaching, cadastre-se clicando AQUI.

“Relacionamentos pessoais são o solo fértil a partir do qual brotam todos os avanços, sucessos e conquistas da vida real”. Ben Stein

About The Author

Dani Teixeira

Formada e pós-graduada em algo que nunca lhe deu prazer. Conheceu o coaching, enfrentou um divórcio complicado, abandonou a advocacia no serviço público, fundou a Reconstruindo Histórias e passou a trabalhar apenas com o que ama: ajudar outras pessoas a reconstruírem suas histórias. Hoje é Master Coach, Analista Comportamental e Membro da SLAC – Sociedade Latino Americana de Coaching.

Ei! Participe deixando seu comentário! Não custa nada... :o)