Mais um dia

Às vezes, no silêncio da noite, nos esquecemos de pensar em nós como merecemos. Lembramos do cansaço, do que magoou, de tudo que gostaria de ter sido e não foi, coisas que gostaria de fazer e lugares pra ir. Mas esquecemos que o melhor lugar do mundo inteiro é quando você se sente em casa, e que a melhor coisa da vida, independentemente de qualquer circunstância, é o amor! E que todas as outras coisas são coisas, e que elas sempre passam.

E às vezes, o dia que passou pode não ter sido o mais emocionante e memorável, mas foi um dia de paz, um daqueles que não marcam a sua história porque você esqueceu de reparar nos seus pequenos momentos inesquecíveis, como aquele bando de pássaros que voaram ao sentir sua presença, ou a maravilhosa descoberta daquela nova música, ou o carinhoso abraço do seu amigo, ou a sua deliciosa comida, ou o cheiro do seu amor – que estão entre as melhores sensações do seu universo.

Mas aí, ao lembrar de tudo isso, você enxerga o verdadeiro sentido da vida… Que não está em nada extraordinário, mas na beleza da simplicidade do olhar o seu mundo com os olhos do coração, que também chamo de gratidão.

Autoria: Regina Branco

Publicado em: http://www.aquiloquedanomeucoracao.blogspot.com.br

PS: Cadastre-se AQUI e receba conteúdo gratuito e de qualidade sobre convivência familiar, divórcio, guarda de filhos e coaching.

About The Author

Dani Teixeira

Formada e pós-graduada em algo que nunca lhe deu prazer. Conheceu o coaching, enfrentou um divórcio complicado, abandonou a advocacia no serviço público, fundou a Reconstruindo Histórias e passou a trabalhar apenas com o que ama: ajudar outras pessoas a reconstruírem suas histórias. Hoje é Master Coach, Analista Comportamental e Membro da SLAC – Sociedade Latino Americana de Coaching.

Ei! Participe deixando seu comentário! Não custa nada... :o)